Aprenda Hipnose – Blog sobre Hipnose

O que é Hipnose?

Falar de hipnose é falar de algo que existe desde que existe sociedade, mas que ainda é bastante desconhecido, chegando a dar um pouco de medo a algumas pessoas. Mas hipnose não é nada sobrenatural, místico ou ocultista. Hipnose é algo natural e, atualmente, utilizada em diversos campos do conhecimento humano, como por psicólogos, médicos, dentistas, etc.

Qual a definição de hipnose?

A hipnose nada mais é do que um conjunto de técnicas que permite com que a pessoa entre num estado alterado de consciência, conhecido também como transe hipnótico, ou simplesmente transe. É algo tão normal que o termo “transe” está em nosso vocabulário cotidiano e em nossas conversas. Eventualmente ouvimos frases do tipo: “essa música me deixa em transe” ou “fiquei hipnotizado por aquela garota…”.

Muitas vezes, bons contadores de história são bons hipnotizadores. Quando um contador de história começa a contar uma nova história, muitas vezes nos vemos imaginando a história, sentindo pelos personagens, visualizando o que os personagens estão visualizando. Estamos em transe.

Muitas vezes entramos em transe ouvindo as músicas que gostamos

Muitas vezes entramos em transe ouvindo as músicas que gostamos

Sendo assim, a hipnose é um conjunto de técnicas que permite com que entremos nesse estado de transe. Mas nem sempre entramos em transe através da hipnose, pois como foi possível perceber, no nosso dia-a-dia, entramos em transe constantemente: quando estamos completamente apaixonados por alguém, altamente concentrado em uma música, ou até mesmo quando estamos dirigindo concentrado em um pensamento que nem percebemos como chegamos no nosso destino e qual caminho pegamos.

Nesse estado de transe, com a ajuda de um hipnoterapeuta, é possível manter-se nele por mais tempo. É um estado de alta concentração, e por isso, é possível realizar mudanças internas positivas, eliminar dores, relembrar informações a muito esquecidas.

Estado alterado de consciência: Concentração e mudanças positivas

Estado alterado de consciência: Concentração e mudanças positivas

Muitas pessoas tem medo de realizar hipnose e entrar nesse transe hipnótico porque acreditam que o hipnoterapeuta vai “entrar na mente” dela e ler seus pensamentos, ou vai ser “dona” dela e ela será sua escrava, ou até mesmo que poderá entrar em transe e nunca mais acordar.

Tudo isso faz parte de um conjunto de mitos sobre a hipnose. Nada disso ocorre. O estado de transe é um estado natural, que ocorre todos os dias conosco, e que através das técnicas de hipnose é possível utilizar esse estado para várias mudanças positivas. É algo que não precisa nem deve-se temer. Mas sim, apreciar, praticar e curtir sempre que possível.

Você tem alguma dúvida sobre a definição de hipnose ou o que ocorre durante o transe hipnótico?

Comente abaixo que responderemos a todas as suas dúvidas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

29 Comentários em O que é Hipnose?

  1. [...] sobre para que ela serve afinal. Claro, é preciso antes conhecer um pouco sobre a hipnose, saber o que é a hipnose, para assim, compreender melhor sua [...]

    1. Gostaria de saber, se os grupos pentecostais(supostamente evagelicos), utilizam alguma técnica de hipnose, na qual entram num transe profundo?
      Envie urgentemente para o meu EMAIL. Desde já agradeço!

      1. Felipe disse:

        Oi Salomão.
        Não é possível saber se, por exemplo, os casos de possessão são transe, doenças mentais ou possessão real.

        A Igreja Católica, como tem anos a mais de experiência em exorcismo, procura, antes de afirmar que é possessão demoniaca, eliminar qualquer outra possibilidade. Assim, a Igreja Católica atualmente só realiza o exorcismo após a pessoa passar tanto por equipes médicas tradicionais, como pelos médicos especializados contratados pelo Vaticano. Caso os médicos não consigam diagnosticar, a Igreja considera possessão e só padres autorizados para realizar o exorcismo realizam então o procedimento.

        O raciocínio da Igreja Católica parece certo. Muitas vezes, alguns distúrbios ou transtornos neurológicos ou psicológicos podem parecer possessão. Algumas igrejas ou mesmo outros centros religiosos, de outras religiões, acabam por realizar exorcismo ou considerar tudo possessão, indiscriminadamente. Eu acredito que eles erram em muitos dos casos.

        Algumas pessoas afirmam que pastores pentecostais utilizam técnicas de hipnose e que TUDO é hipnose. Eu acho irresponsável fazer afirmações desse tipo. Não dá para saber se TUDO é hipnose, até porque as religiões em geral apresentam fenômenos bem difíceis para a ciência (e nisso, a hipnose científica) explicar.
        O que se pode dizer é:
        - É possível simular, com hipnose e se a pessoa quiser, fenômenos semelhantes aos fenômenos de possessão que se vê em igrejas, aos fenômenos de psicografia, de transe mediúnico, de possessão espiritual, etc.

        Mas o fato de dois fenômenos serem semelhantes, ou praticamente iguais, não quer dizer (mas pode dizer) necessariamente que são o mesmo.
        É preciso investigar e testar cuidadosamente para poder afirmar isso.

        Abraços!

      2. Benny Dio disse:

        Caro Salomão. O ocorre nas igrejas pentecostais é outro tipo de fenomeno. Lá as pessoas perdem a conciencia por dois motivos distintos. há aquelas que carregam em sí mesmas as influencias de espiritos negativos. outras são afetados pelo involver do espirito positivo alí presente. As que foram afetas pelas manifestaçao negativa, são livres. AS que foram atingidos pela boa influencia se sentirão gratificadas, essa a diferença. Espero ter ajudado.

        1. Felipe disse:

          Benny,

          Como eu respondi ao Salomão:
          - Não é possível saber se, por exemplo, os casos de possessão são transe, doenças mentais ou possessão real.

          Qualquer afirmação sobre esse fato precisa de prova. E não é possível provar nem que é hipnose, nem que é espírito ou mesmo doença mental.
          Você pode acreditar que são espíritos. E tem o direito disso. Mas um evangélico acredita que é demônio, e tem as mesmas “provas” que você. E um hipnólogo radical acredita que é hipnose, e tem as mesmas “provas” que você.

          Como proceder então?
          1. Investigando muito cuidadosamente. Em casos de possibilidade de doenças mentais, deixar para os profissionais de saúde, especializados nisso;
          2. Evitar preconceitos. Todos possuem crenças religiosas, a maioria diferentes, e se algo não pode ser provado, então deve no mínimo ser respeitado;
          3. Abrir a mente para novas possibilidades. A Igreja Católica é um exemplo dessa mente aberta, no que diz respeito ao seu atual procedimento para exorcismo. Antes eles investigam, chamam médicos, buscam eliminar qualquer possibilidade além da possibilidade da crença que eles defendem, para por último concluir o que a crença deles dizem.

          Enfim, há muitas possibilidades, e respeito, investigação e cuidado são importantes antes de sairmos fazendo afirmações cujas provas não possuimos.

          Abraços!

  2. Alex disse:

    ë possivel mudar o tom de voz ou ser um pouco mais masculino com hipnose, me sinto muito feminino e gostaria de mudar isso

    1. Felipe disse:

      Oi Alex,

      Com Hipnose é possível várias coisas. Entre elas, fazer você perceber que o tom de voz não diz nada sobre a masculinidade de alguém. Um bom exemplo disso é o atleta de MMA Anderson Silva, hoje campeão mundial. Ele tem uma voz muito fina, bastante feminina. Mas é um dos atletas mais temidos das artes marciais.

      Veja abaixo a entrevista com ele no Fantastico. O repórter inclusive pergunta a ele sobre a voz fina que ele tem:
      http://www.judoctj.com.br/reportagem-com-anderson-silva-no-fantastico/

      Perceber isso é perceber que se você possui algo de diferente em relação à maioria das pessoas, então isso é uma vantagem, e você pode usar a seu favor.
      Abraços!!

  3. Plinio disse:

    Boa noite.

    Apesar de curto gostei do artigo sobre hipnose, contudo, algumas dúvidas saltam às vistas, se possível gostaria de algumas respostas cordiais.

    1) A hipnose é indicada a qualquer pessoa, refiro-me aquela realizada por um profissional habilitado, posto que há alguns relatos duvidosos que circulam na cultura popular de que a hipnose poderia trazer a tona problemas “adormecidos”?

    2) Com a hipnose seria possível o tratamento de ansiedades, falta de confiança e desmotivação, bem como a própria depressão??

    Agradeço a atenção e as futuras respostas.

    1. Felipe disse:

      Oi Plínio,

      Aos poucos vamos criando postagens para esclarecer por completo esse vasto campo de conhecimento que é a hipnose.
      As suas perguntas são excelentes. Vamos as respostas:

      1) “A hipnose é indicada a qualquer pessoa, refiro-me aquela realizada por um profissional habilitado, posto que há alguns relatos duvidosos que circulam na cultura popular de que a hipnose poderia trazer a tona problemas “adormecidos”?”

      - A hipnose é uma ferramenta. Ela é utilizada para alguma finalidade. Não há contra-indicações, ou seja, pode ser feita sim com qualquer pessoa. O que vai acontecer após o transe depende primeiro, do objetivo da pessoa, e da finalidade.
      Ou seja: se eu for por exemplo realizar a hipnose para ajudar uma pessoa a ser mais motivada a estudar, a trabalhar, ou a qualquer tipo de coisa. Raramente ela precisará lembrar ou recordar coisas que ela não quer.

      Só que tem outra questão embutida nessa sua:
      Será ruim lembrar das coisas “adormecidas”?
      A psicanálise, por exemplo, defende que não. Que na verdade, a melhor coisa que tem é termos acesso a essas coisas adormecidas, pois temos a oportunidade de reinterpretar.
      Muitas vezes, no caso do uso da hipnose para traumas, o hipnoterapeuta poderá fazer a regressão para algo que pode ter sido a causa do trauma. Porém, uma regressão dissociada, ou seja, você apenas se vê no passado, sem se sentir no passado, para assim, reinterpretar aquele fato a partir de sua visão madura de hoje, e perceber que você resolveu deixar adormecido aquele problema para se proteger de algo que hoje não precisa mais.

      Então, o problema do mito não é trazer a tona algo adormecido. O que surge durante a hipnose surge porque sua mente acha que tem que surgir, se for o caso de surgir sem a indução do hipnoterapeuta, ou porque o hipnoterapeuta faz surgir para ressignificar. Não é algo a se temer, mas sim, a se desejar, pois todo autoconhecimento é sadio. A melhor coisa do mundo é a gente se conhecer mais e mais.

      2) “Com a hipnose seria possível o tratamento de ansiedades, falta de confiança e desmotivação, bem como a própria depressão??”

      - Sem dúvida sim. O que é importante ter bem claro, antes de qualquer tratamento, é saber se o problema é puramente psicológico ou não. No caso da depressão, grande parte é puramente psicológica. Mas alguns casos são neurológicos mesmo, e um acompanhamento médico é importante. Mas ansiedade, síndrome do pânico, motivação, auto-confiança… são alvos excelentes para as técnicas de hipnose. Em boa parte dos casos, em três sessões o problema já está resolvido.

      Abraços!

  4. Rosiane Feritas disse:

    boa noite, gostaria de saber se atraves da hipnose é possivel criar uma nova história na nossa mente, por que perdi meu bebe com 3 meses de gestação queria saber se com a hipnose posso mudar essa historia para que eu não sofra com essa perca

    1. Danilo Neto disse:

      Sim Rosiane, Embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo, qualquer um pode começar agora e fazer um novo fim. A ressignificação , busca exatamente isso. Dar novos significados para sua perda. Através desse link você encontra alguns hipnoterapeutas credenciados: http://www.institutohipnologia.com.br/index.php?option=com_fabrik&view=table&tableid=3&calculations=0&Itemid=19

  5. Rosiane disse:

    é possivel eu mesma me hipnotizar e mudar meus pensamentos

    1. Felipe disse:

      Oi Rosiane,

      Apenas com força de vontade é possível mudar os próprios pensamentos. É possível fazer auto-hipnose para auxiliar na higiene mental sim.
      E com a mente mais tranquila, com menos ansiedade, com mais leveza mental, com certeza terá facilidade de mudar seus pensamentos para melhor.

  6. Larissa disse:

    Muito legal e interessante.
    Como fazer a auto hipnose?
    Escreva mais sobre tudo Felipe, conte-nos experiencias tbm??!
    Desde já muito obrigada!

    Larissa

    1. Felipe disse:

      Boa idéia, Larissa, o de contar experiências.

      Vou ver se preparo alguns tópicos sobre isso.

      Sobre a autohipnose, você pode fazer sozinha ou ouvindo um áudio.
      Vou prepara uma postagem sobre um roteiro de autohipnose e alguns áudios, certo?

      Abraços!!

  7. CRISTIANO disse:

    SOU MERGULHADOR PROFISSIONAL…..
    QUERIA SABER …SE POSSO AUMENTA MINHA APNEIA USANDO A HIPNOSE.

    1. Felipe disse:

      Cristiano,

      A Hipnose ajuda no desenvolvimento esportivo dos atletas, e também no aumento da resistência à dor e outros fatores biológicos.
      Entretanto, você como profissional sabe que treinar apnéia exige cuidado. A Hipnose – utilizada no seu caso principalmente, com o acompanhamento de um hipnoterapeuta profissional e qualificado – pode eventualmente auxiliar sim, no seu desenvolvimento profissional como mergulhador.

      Mas se lembre: SÓ PRATIQUE JUNTO A PROFISSIONAIS QUALIFICADOS! E principalmente com outros mergulhadores profissionais o acompanhando para evitar qualquer problema.

      O vídeo abaixo serve para refletir sobre o poder do corpo humano e o poder da concentração. David Blane ficou 17 minutos em apnéia:
      http://www.ted.com/talks/david_blaine_how_i_held_my_breath_for_17_min.html

      Ele estava em transe, sim. Mas como o vídeo mostra, tudo foi feito com o acompanhamento profissional, médico, muito treino, muito cuidado, muita tecnologia.
      Explorar os limites dos nossos limites exige precaução e muito, mas muito cuidado.

      Por isso, pesquise muito antes, faça curso, entre em contato com profissionais qualificados, caso decida explorar a hipnose em sua área profissional. Não experimente nada apenas com leituras e sem experiência.

      Abraços!

  8. Alexandre disse:

    Durante a hipnose, a pessoa hipnotizada pode ser forçada a contar algo que ela não queira? Ou a pessoa fica consciente e só diz o que quer? Desde já agradeço.

  9. Alexandre disse:

    Tentando deixar mais clara a pergunta: A pessoa hipnotizada pode ser obrigada a contar um segredo dela que ela não queira revelar? ou ela fica consciente do que está dizendo e pensando e não revelaria nenhum segredo? Agradeço novamente.

    1. Felipe disse:

      Oi Alexandre,

      Durante o transe hipnótico ou transe terapêutico, a pessoa não irá fazer nada que vai contra as suas crenças e desejos mais profundos. Portanto, se ela tem um segredo bem guardado e ela acredita profundamente que ninguém poderá saber, ela não contará.

      Durante o transe, a pessoa ouve tudo o que o hipnoterapeuta diz. Ela sabe o que ela fala. Agora, durante o processo terapêutico, se houver uma relação de confiança, um bom rapport, se ela souber e acreditar que o fato de falar certas coisas será bom para a cura ou soluções que ela busca, ela contará para o terapeuta.

      Por isso se diz que o primeiro passo para um bom trabalho com hipnose é o rapport. Leia aqui:
      http://aprendahipnose.com/quais-sao-as-etapas-da-hipnose/

      Espero ter esclarecido sua dúvida.
      Abraços!

  10. admilson gomes de oliveira disse:

    caro amigo gostaria de tirar minhas duvidas em relaçao a hipnose-viagem astral pois faço todos os procedimento mis nao concigo faser a viagem astral,um abraço aguardo respostas.

    1. Felipe disse:

      Hipnose e Viagem astral são coisas diferentes.

      Alguns dizem que toda viagem astral na verdade são técnicas de hipnose, e portanto, não há viagem alguma, mas apenas uma sensação fictícia de viagem. Outros dizem que hipnose é uma coisa (e que nunca há viagem astral na hipnose) e que viagem astral é outra.

      Não sei quais procedimentos você faz, mas se deseja saber sobre viagem astral, o melhor seria procurar o pessoal da Conscienciologia – http://www.iipc.org

  11. alexandre albuquerque disse:

    olá, sou facisnado por hipnose e já li “o poder do subconsiente” e outros livros
    e um livro que me chamou ateção era de regressão de vida passada, não acreditava em vida passada, mas por curiosidade eu li, no livro relatava casos no incio do transe até o relado do paciente em fim… eu por curiosidade fiz tecnica na minha irmã deu certo ela ela regrediu quando era criaça quando estava no utero etc, mas quando eu pedi para ela regressa para um periodo que ela era feliz ela decreveu em outra epoca. depois disso apredi acreditar em vidas passada… obrigado

    1. Felipe disse:

      Alexandre,

      O fato dela “lembrar” vidas passadas não significa necessariamente que ela está lembrando (de fato) vidas passadas. Ela pode estar criando (imaginando) uma outra vida e projetando sobre essa vida imaginada fatos de sua vida presente.

      Ou… pode ser que existam vidas passadas.

      Terapeuticamente, não importa se existem ou não. Se for uma vida imaginada, o que ela está projetando é algo que influencia sua vida atual (pois é a projeção de uma vida atual) e deve ser analisado. E se for uma vida passada real, e influencia sua vida atual, deve ser analisado também.

      As duas hipóteses podem ser verdadeiras, independente da pessoa lembrar (de fato) ou “lembrar” (imaginar) uma vida passada.

      1. alexandre albuquerque disse:

        da vida atual é verdade até intão ela disse um segredo que só minha mãe sabia isso foi quando ela estava na barriga, ou seja, no inicio da gravidez.
        quando eu contei o fato em detalhe para minha mãe ela ficou supresa.
        em questão de vidas passada deve sim ser analisada.

        gostei muito deste blog muito obrigado

  12. Rodrigo disse:

    Olá!
    Gostaria de saber se para fazer um curso de hipnose é necessário ter curso superior.

    1. Felipe disse:

      Vai depender do curso. Alguns permitem estudantes universitários.

      Abraços

  13. Brito disse:

    Oi Felipe,
    gostei muito do seu blog, e gostaria de saber se a
    hipnose pode ser usada para tratar enfermidades visuais do tipo: Miopia, Astgmatismo, Estrabismo, Nistagmo…pois sou portador dessas enfermidades…gostaria de saber se vc pode me ajudar nesse sentido.
    Obrigado!

    1. Felipe disse:

      Brito,

      Não sei lhe responder essa pergunta com precisão. Muitos hipnoterapeutas dizem que sim, que a hipnose ajuda nesses casos. Entretanto, cientificamente, não existem pesquisas que comprovem isso. Algumas pesquisas dizem que a hipnose pode ajudar não na cura da miopia, por exemplo, mas sim, na sensação subjetiva de melhora na acuidade visual. Com a hipnose você pode melhorar a atenção, memorização, outras formas de aprendizados como aprendizado através das percepções, e isso irá, obviamente, melhorar sua performance visual, pois você não estará mais usando somente os olhos para ver.
      Abraços!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

More in Hipnose (24 of 27 articles)